Usando um software Masstec em "nuvem" (Cloud computing)

Se você está acostumado em usar o seu sistema de automação Masstec instalado no computador da sua empresa, saiba que você pode tê-lo sendo executado em "nuvem" (cloud computing, ou computação em nuvem).

Nos últimos anos temos visto várias empresas migrando seus sistemas para a "nuvem", isto é, as empresas e até mesmo indivíduos estão contratando serviços de datacenters de terceiros, não tendo mais que se preocupar com sua infraestrutura e segurança de dados no seu local de trabalho. O usuário, através de uma conexão de Internet tem acesso à um servidor de aplicações e dados como se este servidor estivesse no seu ambiente de trabalho.



Esses datacenters remotos, sendo Amazon o mais conhecido de todos, oferecem uma gama de serviços de computação que além de facilitar sobremaneira o trabalho do usuário, tem seu custo bem menor do que o custo de uma infraestrutura de computação própria.

Um dos maiores atrativos de computação em nuvem é a "alta disponibilidade", isto é, se um servidos se tornar inoperante por qualquer motivo (falha física, catástrofes, falha no sistema operacional, etc) o usuário nem se aperceberá desse inconveniente , pois outros servidores "espelhados" (redundância de dados, em servidores em outros locais -cidades ou até países) entram em ação no lugar do servidor que "caiu". Tal sinistro numa empresa em pleno expediente poderia causar enorme prejuízo, mesmo que a empresa esteja cercada de recursos preventivos (backup, etc).

A computação em nuvem, oferece além de servidores remotos, muita segurança e muitos outros serviços, que seria inviável economicamente para uma empresa criar.

Datacenter ("nuvem")


A facilidade começa com a contratação do servidor: o usuário escolhe o sistema operacional, o tamanho da memória e do disco rígido (HD), o banco de dados que será usado, etc.

Um detalhe importante é que você poderá acessar seus serviços de qualquer lugar, através de uma conexão com a Internet.

Se a empresa ou indivíduo não tiver pessoal qualificado para configurar os recursos computacionais em nuvem, poderá contratar um parceiro "intermediário" que fornece assessoria e conta com interfaces mais amigáveis para a configuração e manutenção dos recursos que sua empresa vai precisar, além de suporte técnico, mediante uma taxa mensal.

A assessoria inclui minimização de custos. Vamos citar um exemplo bem simples: se a empresa fica fechada nos finais de semana e ninguem trabalha, o parceiro vai configurar para o servidor se desligar automaticamente na 6a.feira às 20:00h e ser religado na 2a.f às 7:00h da manhã.

É claro que além do valor mensal à ser pago à assessoria para uso otimizado da nuvem, você terá que pagar ao próprio serviço de nuvem o consumo dos recursos computacionais, como quantidade de horas de processamento, quantidade de horas de servidor ligado, megabytes usados em discos, etc. Tudo isso é cobrado em termos de um (ou menos) centavo de dólar por hora de uso. A assessoria vai fazer você pagar o mínimo possível pelo uso da nuvem. Eles podem dar muitas dicas para sua economia, já que trabalham com isso (e vivem disso) o dia todo.

Para saber mais, procure em seu browser pelos termos "provedores de nuvem".

Retornar à página anterior